You are viewing documentation for Kubernetes version: v1.20

Kubernetes v1.20 documentation is no longer actively maintained. The version you are currently viewing is a static snapshot. For up-to-date documentation, see the latest version.

Usando kubectl para criar uma implantação

Objetivos

  • Saiba mais sobre implantações de aplicativos.
  • Implante seu primeiro aplicativo no Kubernetes com o kubectl.

Implantações do Kubernetes

Assim que o seu cluster Kubernetes estiver em execução você pode implementar seu aplicativo em contêiners nele. Para fazer isso, você precisa criar uma configuração do tipo Deployment do Kubernetes. O Deployment define como criar e atualizar instâncias do seu aplicativo. Depois de criar um Deployment, o Master do Kubernetes agenda as instâncias do aplicativo incluídas nesse Deployment para ser executado em nós individuais do Cluster.

Depois que as instâncias do aplicativo são criadas, um Controlador do Kubernetes Deployment monitora continuamente essas instâncias. Se o nó que hospeda uma instância ficar inativo ou for excluído, o controlador de Deployment substituirá a instância por uma instância em outro nó no cluster. Isso fornece um mecanismo de autocorreção para lidar com falhas ou manutenção da máquina.

Em um mundo de pré-orquestração, os scripts de instalação costumavam ser usados ​​para iniciar aplicativos, mas não permitiam a recuperação de falha da máquina. Ao criar suas instâncias de aplicativo e mantê-las em execução entre nós, as implantações do Kubernetes fornecem uma abordagem fundamentalmente diferente para o gerenciamento de aplicativos.

Resumo:

  • Deployments
  • Kubectl

O tipo Deployment é responsável por criar e atualizar instâncias de seu aplicativo


Implantar seu primeiro aplicativo no Kubernetes


Você pode criar e gerenciar uma implantação usando a interface de linha de comando do Kubernetes, Kubectl . O Kubectl usa a API Kubernetes para interagir com o cluster. Neste módulo, você aprenderá os comandos Kubectl mais comuns necessários para criar implantações que executam seus aplicativos em um cluster Kubernetes.

Quando você cria um Deployment, você precisa especificar a imagem do contêiner para seu aplicativo e o número de réplicas que deseja executar. Você pode alterar essas informações posteriormente, atualizando sua implantação; Módulos5 e 6 do bootcamp explica como você pode dimensionar e atualizar suas implantações.

Os aplicativos precisam ser empacotados em um dos formatos de contêiner suportados para serem implantados no Kubernetes

Para sua primeira implantação, você usará um aplicativo Node.js empacotado em um contêiner Docker.(Se você ainda não tentou criar um aplicativo Node.js e implantá-lo usando um contêiner, você pode fazer isso primeiro seguindo as instruções do tutorial Olá, Minikube!).

Agora que você sabe o que são implantações (Deployment), vamos para o tutorial online e implantar nosso primeiro aplicativo!


Última modificação March 26, 2021 at 6:04 PM PST: renamed incorrect word in Portuguese (a6333facb)